O BOCA DE FORNO

Deu com os burros n'água

22 de Dez de 2014

O Itapebiacontece não veio para a festa dos noeis porque? Fez bem Arnaldão a festa foi aquilo que a turminha dos metralhas representam quase nada em Itapebi. Até que eles se esforçaram bastante. Bons presentes, e um trio eletrico bom e a banda chicletada que André Carvalho indicou. Pelo barulho que fizeram a festa foi um fracasso. Sentimos também a falta de Claudio Carvalho em cima do Palco pois tinha um montão de gente lá que faz parte do grupo dele. Não entendi nada.

Regis

22 de Dez de 2014

DESUMANIZAÇÃO DOS HUMANOS. nós, pertencentes à terceira ou quarta geração do século XX, irmãos de uma geração atômica, talvez por estar familiarizada, estamos voltados a uma vida individualizada. Voltados para nós mesmos; para os nossos problemas financeiros, sociais ou de ordem política. Estamos nos tornando máquinas que foram inventadas para um fim e nos enquadramos nele. não sabemos valorizar o acordar da manhã e ver da janela os primeiros raios de Sol. Ou então, não sabemos o valor de abrirmos a porta dos fundos e vermos o enorme quintal cheio de frutíferas árvores...

nada a ver

22 de Dez de 2014

kkkkkkkkkkkk

URGENTE!!!

21 de Dez de 2014

O prefeito "de FATO" NUNES, prometeu hj no palanque o pagamento do pessoal da saúde para segunda-feira pela manhã, isso é muito bom sabendo que toda semana tem segunda-feira, ele mantem nossa esperança de recebimento viva, prolongando assim nossa vida, SOFRIDA, mais viva. E o pagamento dos atrasados para JANEIRO, bom também, pois todos os anos tem sempre um mês de JANEIRO. Sou como SÃO TOMÉ, só creio quando puder ver e tocar em meu pobre dinheirinho.

A gente somos Inutil

21 de Dez de 2014

Maquiavel preocupava-se em aconselhar os monarcas de seu tempo a um reinado eficiente. Um destes conselhos, voltado ao povo, era este, destinado a evitar que o povo se rebelasse contra o sistema político vigente. Sendo a maioria dos seres humanos do "povo" de pobre intelecto, contenta-se com pouco, sendo este "pouco" algo que hoje em dia juristas denominam de "mínimo existencial", o básico do básico. Na época de Maquiavel, esse mínimo era ainda mais limitado, diante da ausência de um Estado de Direito garantidor de direitos fundamentais como igualdade, legalidade, propriedade, trabalho. Em essência, o brocardo de Maquiavel permanece válido: dê a qualquer ser humano de casta inferior estas duas coisas e ele passará uma vida inteira satisfeito e com pouca reclamação das falhas do Estado e dos poderosos: algo para forrar o estômago, e diversão para matar o tempo e desviar-lhe das frustrações, tristezas da vida... [...] Na manhã deste domingo (20), com a conivência neste caso dos vereadores de Itapebi, acontecerá Circo, pois o pão não haverá devido os salarios dos miseravéis trabalhadores ter sido usado para o Circo. Eu

RETRATO DA VERGONHA NARRADA POR UMA JOVEM VERDADEIRAMENTE ITAPEBIENSE

20 de Dez de 2014

Sonhoras e senhores, vejam o que escreveu essa jovem Itapebiense Aos inescrupulosos vereadores e os saltimbancos travestidos de gestores. Nasci e cresci aqui e em Itapebi, nunca morei em outro lugar e cada vez a vontade de ir pra longe é maior! Não por falta de amor ao lugar que nasci, mas por ter esperança que em algum momento essa cidade restabeleça a grandeza que um dia teve. Uma das mais importantes cidades produtoras de cacau do país, berço cultural dos índios guaranis, caminho das tropas de lampião, comércio, agronegócio e pecuária forte como há uns 25 anos atrás. Pela primeira vez em meus quase 20 anos, não ouvi, nem vi acontecer a Exposição Agropecuária de Itapebi (que na última década faliu), que nos bons tempos era uma dos bons eventos da cidade, e não digo isso pela festa em si, mas pelo o que ela representou e representa na história desse município. Ainda sobre a Exposição, o último evento que trouxe alguma rentabilidade foi em 2003, e de lá pra cá a coisa piorou... O Parque de Exposições foi deixados as traças pelo penúltimo gestor (gestor do Parque), vendido, endividado, com péssimas condições na estrutura, não teve mais rodeios, baias vazia, leilões sem popularidade o desinteresse dos empresários e visitantes sumiu. A não valorização da cultura local é óbvia, até o hino da cidade e do Rio Jequitinhonha, que era algo ensinado nas escolas, parece algo espantoso para as crianças de hoje. Outro marco que fere a história de Itapebi foi a falta de interesse na intervenção (que cabia a Prefeitura) na demolição do Casarão centenário da Fazenda Estrela do Norte a margem esquerda do Rio Jequitinhonha em setembro ano ano passado (2013), que certamente todo Itapebiense tem um história para contar sobre o lugar uma delas a maioria já ouviu, de quando o Rei do Baião - Luiz Gonzaga se hospedou lá e da varanda fazia o seu peculiar som com sua sanfona em uma semana onde acontecia festejos juninos, mesmo com processo para tombamento em tramite no IPHAN-BA (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Bahia) para transformar o lugar oficialmente histórico, nenhuma providencia foi tomada pela Prefeitura ou qualquer representante apto a interferir nesse ato que liquidou o monumento. O Cidade Baixa ou Cidade Histórica mesmo com seu potencial para o eco-turismo nunca teve atenção por parte dos gestores, nem sequer existe organização administrativa específica para a conservação e manutenção da história e cultura, principalmente na parte arquitetônica que a cada ano vai descaracterizando o lugar pela necessidade dos moradores em manter o conforto de suas casas e outras por falta de habitação e cuidado, a ausência de políticas ambientais para que se mantenha eficiente e sustentável a vida dos habitantes e apoio aos pescadores que ainda existe e resistem, mesmo depois da construção da Hidrelétrica que desencadeou a redução de algumas espécies como o robalo e pitu antes em abundância nas águas do rio Jequitinhonha. Rio, que foi durante bastante tempo foi ícone da economia local, seja na pesca ou no escoamento da produção agrícola local (tendo como principal produto o cacau) e transporte de mantimentos e equipamentos essenciais para o trabalho e sobrevivências dos até então ribeirinhos e posteriormente moradores do distrito Itamarati. A crise da vassoura-de-bruxa é vívida até hoje nesse lugar, pois após tal fato a decadência foi se instalando de maneira preocupante. Não há lazer, não há respeito a história do lugar e pior que tudo isso é saber que mesmo com a população diminuindo os índices de violência é discrepante para um município desse porte, o consumo e tráfico de drogas tem desencadeado uma insegurança e a total falta de perspectiva. Nunca houve antes uma gestão tão descarada e desrespeitosa aqui nesse município. Tão displicentes são os digníssimos administradores dessa terra que até o coronelismo foi restabelecido. Professores sendo ameaçados por lutarem para ter seus salários pagos, a rádio local depois de coagida foi invadida e teve seus equipamentos apreendidos sob acusações caluniosas e que inclusive permanece com seu funcionamento suspenso, por ainda não ter seus equipamentos devolvidos mesmo após intervenção Judicial que garante o direito da efetividade do meio de comunicação tão simples, porém não menos eficiente da comunidade, muito útil para discutir as carências municipais. Mesmo quem não tem consciência política percebe o desleixo dos representantes com a funcionalidade básica de um lugar emancipado; hoje 20 de dezembro de 2014 o P.A Maternidade Nelson Moura Ferreira teve seu funcionamento suspenso por parte dos auxiliares e tec. em enfermagem, que alegam falta de pagamento (mais de 90 dias sem receber), outras categorias que ali prestam serviço também ameaçam paralisações (motoristas, serventes...) pelo mesmo motivo. O mais ridículo é que enquanto vários funcionários públicos estão com seus salários atrasados e muitos chefes de família não saberem se terão comida na mesa nesse natal, será realizado amanhã (dia 21 de dezembro) um evento onde blasonará o dinheiro público sendo usada em campanha antecipada baseada nos mais antigos métodos manipulação das massas: pão e circo. Sina cruel Itapebi tem sofrido, mas que sirva de ensinamento para todos que aqui residem, votam e todos que por esse lugar tem apreço, seja na raiz familiar, cultural ou simplesmente se sentem entristecido ao ver de maneira tão escancarada as ervas daninhas que a corrupção causa em qualquer sistema. "[...}Itapebi, olha o futuro Tu és reserva do meu Brasil" Yana Dádiva 20/12/2014

inocentes!!!

20 de Dez de 2014

ESPERO QUE VOCE ARNALDO PUBLIQUE ( MATERNIDADE SENDO FECHADA POR FALTA DE PAGAMENTO, MAS VEJA SE O NATAL DOS VEREADORES! VAI ESTAR RECHEADOS DE NOTAS DE 50,00 E 100,00 REAIS,E O POVO MAS UMA VEZ ENGANADOS!

DÉBORA LN

20 de Dez de 2014

É ISSO MESMO,O POVO GOSTA DE TODO ESTE CIRCO ARMADO!!! AINDA VAI TER GENTE QUE VAI LÁ!! MAS COMO Ñ VÃO GENTE? ESPERANÇA DE GANHAR ALGUMA COISA,A POBREZA TA GRANDE AQUI,A MISÉRIA ASSOLANDO,O POVO PASSANDO FOME!!! E ESTA QUADRILHA LEVANDO TUDO,TODO FIM DE SEMANA EM PASSEIOS OSTENTADORES !! MAS TA BOM É ASSIM QUE AS OVELHAS SÃO LEVADAS AO MATADOURO!! EU QUERO MEU DINHEIRO ,MEU SALÁRIO ,SEUS VAGAL!!!!!!

URGENTE

20 de Dez de 2014

Arnaldo, a Maternidade ta parada, só urgência e emergência, os motoristas pararam, a cozinha tb, e Nunes gastando o dinheiro do trabalhador, cade vc para fazer a matéria.

INOCENTES!!!!

19 de Dez de 2014

VOCES FICAM AI FALANDO DO BUNITO, FALANDO DE NUNES, E VOCES ESQUEÇEM DESSES VEREADORES DO TODDYY QUE FICAM FAZENDO PRESSAO PRA GANHAR SEU NATAL, ESSES VEREADORES SAO OS MAIORES LADROES DE ITAPEBI E DO POVO DE ITAPEBI, NAO É NINGUEM MAS QUE ELES.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • ...
  • 294
  • Faça sua denúncia

    FALE CONOSCO

    WhatsApp: (73) 8171-4770 Tel:(73) 8879-9975

    Sem enquetes cadastradas

    VÍDEOS

    CANÔA SUISSA II
    POSTADO: 09-12-2013 12:12

    NOTAS SOCIAIS

    • CONFRATERNIZAÇÃO NA CASA DA MISERICÓRDIA DA IR. FRANCISCA ONYIA

      A casa de misericórdia da Ir. Francisca Onyia realizou um encontro de confraternização para as crianças e funcionários nesta sexta-feira (19), na sede da entidade. Além de um lanche para os meninos e meninas, houve distribuição de presentes de Natal tanto para as crianças como também para as colaboradoras que ajudam a irmã Francisca na labuta dia a dia. No evento desta sexta-feira, a senhora Maria Elisabete Cavalcante distribuindo os...


      Ver todas as notas