DEM dá "carta branca" para Mandetta sair ou ficar

Política
25 de Março de 2020 16h03

“O ministro Mandetta tem apoio total, absoluto e irrestrito do partido na decisão que tomar.Do partido, ele tem carta branca para tomar a melhor decisão, de permanecer ou não.

Twitter: @ItapebiAcontece

Imagem: Reprodução

comando do DEM está solidário com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. As orientações dele para o combate ao coronavírus têm sido contrariadas pelas posições de Jair Bolsonaro e as especulações a respeito de uma possível demissão começam a circular. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, o partido decidiu não interferir em qualquer decisão que o ministro venha a tomar, seja sair ou ficar no governo.

“O ministro Mandetta tem apoio total, absoluto e irrestrito do partido na decisão que tomar. Do partido, ele tem carta branca para tomar a melhor decisão, de permanecer ou não. Sua condução tem sido irrepreensível, técnica e em benefício da população. A decisão é dele”, disse para a publicação. o deputado Efraim Filho, líder do DEM na Câmara, e também integrante da Executiva nacional do partido.

ItapebiAcontece com BNews

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

09 de Abril de 2020 00h04

Itapebi confirma primeiro caso positivo de coronavírus

A confirmação foi anunciada em nota pela Secretaria de Saúde na noite desta quarta-feira (8).

08 de Abril de 2020 19h04

Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) autoriza tratamento com cloroquina em pacientes com coronavírus

“A recomendação é que os pacientes hospitalizados recebam os medicamentos o mais precocemente possível após a internação”, afirmou Fábio Vilas-Boas

08 de Abril de 2020 19h04

Bahia registra mais duas mortes de pacientes com coronavírus; Sesab confirma 515 casos no estado

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), pacientes são dos municípios de Ipiaú e Uruçuca. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.