Diego Armando Maradona morre, aos 60 anos, na Argentina

Mundo
25 de Novembro de 2020 13h11

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, segundo o jornal argentino 'Clarín'. Ele havia passado por uma cirurgia no cérebro no início do mês.

Twitter: @ItapebiAcontece

O mundo do futebol perdeu, nesta quarta-feira, um dos seus maiores nomes. O argentino Diego Armando Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa na cidade de Tigres, onde se recuperava de uma cirurgia recente na cabeça. Ele tinha 60 anos e teve, neste último procedimento, o capítulo mais recente de problemas de saúde. Maradona é o maior ídolo do esporte argentino em todos os tempos, com seus seguidores chegando a criar a Igreja Maradoniana em sua homenagem. 

O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.

Campeão mundial na Copa de 1986, quando ficou eternizado pelos gols que marcou contra a seleção da Inglaterra, Maradona era reverenciado e tratado como deus na Argentina.

 

Seu gol de mão contra a Inglaterra ficou mundialmente conhecido pela "mão de Deus".


Maradona estava atuando como treinador do Gimnasia La Plata e chegou a comandar a seleção argentina.

Como jogador, foi revelado no Argentinos Juniors. Teve o auge da carreira no Napoli, além de ter defendido outros times como Sevilla, Barcelona, Boca Juniors e Newell´s Old Boys. Durante a carreira de atleta, Maradona enfrentou problemas com drogas, como durante a Copa do Mundo de 1994, quando caiu no exame antidoping. 
 

ItapebiAcontece

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

21 de Janeiro de 2021 09h01

Bahia busca conter avanço da Covid-19 em municípios das regiões Sul e Sudoeste

No encontro virtual com secretários de Vitória da Conquista, Guanambi, Barra da Estiva, Jequié, Itabuna e Ilhéus.

21 de Janeiro de 2021 08h01

'Se Deus quiser, vou continuar o meu mandato', diz Bolsonaro a apoiadores

Desde o início do mandato, 61 pedidos de impeachment foram protocolados na Câmara

21 de Janeiro de 2021 07h01

À frente de City e PSG, Palmeiras fica na vice-liderança dos melhores clubes do mundo em 2020

Ranking da IFFHS colocou somente o Bayern de Munique-ALE na frente do Maior Campeão do Brasil no ano passado